Acontece nos Fóruns

Estado e Codemig investem em melhorias viárias na cidade de Araxá

Novo convênio prevê duplicação da Avenida Ítalo Ros e ampliação da Rua Tenente Coronel Hermenegildo Magalhães

Imagem ilustrativa

O Governo de Minas Gerais, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), está investindo em melhorias viárias na cidade de Araxá, no Triângulo Sul.

O novo convênio é desenvolvido junto à Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) e prevê a duplicação da Avenida Ítalo Ros, com construção de ciclovia, e o prolongamento da Rua Tenente Coronel Hermenegildo Magalhães, que ligará a região do Batalhão da Polícia Militar com a rodovia BR 262.

Estão sendo investidos R$ 4 milhões nas ações em benefício da região e da sociedade. O recurso será liberado em duas parcelas, previstas para os meses de junho e julho. A contrapartida do município será de R$ 6,5 milhões, totalizando mais de R$ 10 milhões de investimentos.

Outras melhorias

Também em Araxá estão sendo providenciadas melhorias viárias nas rodovias AMG-0705 e AMG-0715 (Barreiro). O convênio com a Setop abrange a execução de obras de restauração do pavimento na rodovia AMG-0705 e a implantação do trevo no trecho do entroncamento AMG-0715 (Barreiro), com investimento de R$ 8 milhões. Os recursos foram liberados pela Codemig.

Vila do Artesanato

Outra ação do Governo de Minas Gerais e da Codemig em Araxá é a implantação da Vila do Artesanato. O objetivo do espaço é fomentar e fortalecer a produção e comercialização do artesanato regional, visando a alavancar o seu reconhecimento e participação no turismo e na economia regional.

O empreendimento será realizado pela Codemig e irá contribuir para a valorização e preservação das diversas manifestações culturais locais, oferecendo ao artesão de Araxá e região um local de promoção de seu ofício.

O local irá reunir artesãos de diversas especialidades regionais, como tecelagem, escultura, bordados e alimentos, facilitando o escoamento da produção local.

A construção da Vila do Artesanato é uma demanda antiga no município e permitirá revigorar o artesanato na região, dando uma atração adicional ao Parque do Barreiro, que recebe turistas de diversas regiões.

Por meio do artesanato, o turista terá contato com o micro e pequeno empresário. A iniciativa reflete a diretriz governamental de valorizar os diversos territórios mineiros.

A proposta é construir um equipamento democrático, onde os artesãos tenham espaço para mostrar seus trabalhos. O projeto contempla também uma das metas da política pública do Governo de Minas Gerais para o artesanato, que é estabelecer ações permanentes para o segmento.

Em Minas Gerais, existem cerca de 300 mil artesãos. A cadeia produtiva da atividade movimenta anualmente cerca de R$2,2 bilhões para a economia do Estado.

Fonte: Agência Minas