Acontece nos Fóruns

Fórum do Território Rio Doce registra a maior participação popular da segunda rodada

Quase mil inscritos de 63 municípios apresentaram seus problemas no evento realizado em Governador Valadares

Imagem ilustrativa

A segunda rodada do Fórum Regional de Governo Território Rio Doce, realizado em Governador Valadares, no último sábado (29/8), registrou o recorde de participação popular. No total, 932 inscritos de 63 municípios da região compareceram ao campus da Universidade do Vale do Rio Doce (Univale) para apresentar suas demandas ao Governo de Minas Gerais.

Presidente da Câmara Municipal de Itanhomi, cidade localizada a 56 km de Valadares, Carlos Lopes de Oliveira levou ao Fórum uma série de problemas na área da saúde do município. Ambulâncias velhas e sem manutenção adequada, UPA com obras paradas desde janeiro e medicamentos entregues com bastante atraso são os principais problemas enfrentados pela população de Itanhomi. Segundo ele, o Fórum pode ser a melhor opção para que o município tenha suas demandas atendidas e volte a oferecer um serviço de saúde de qualidade aos seus habitantes.

Naturais de Peçanha, o jornalista Reginaldo dos Santos Pereira e o segurança particular Hélio Marinho Pereira foram a Valadares para reivindicar um antigo problema: a pavimentação de 37 km dos 112 km da MG-314, rodovia que liga Peçanha a Valadares. “Mais de 30 cidades dependem desta obra, cujo descaso histórico do poder público tem dificultado a falta de investimentos e o deslocamento da população local, principalmente quando precisamos ir a Valadares para fazer tratamento de saúde”, queixam-se.

Coordenadora da Associação dos Catadores de Material Reciclável de Governador Valadares (Ascanavi), Raquel Rodrigues da Silva diz ter esperança de que o Fórum possa ser o melhor canal para as necessidades da associação sejam atendidas. “Nossos principais problemas são a construção de novos galpões de triagem, assistência técnica qualificada aos catadores e ampliação do modelo de coleta seletiva de Governador Valadares para outras cidades da região”, informa.

Reivindicações

Cidade que historicamente sempre contou com baixos investimentos industriais, Governador Valadares apontou como uma de suas principais demandas no eixo Desenvolvimento Produtivo e Inovação Tecnológica a revitalização do seu distrito industrial e a conclusão da negociação para concessão da área da antiga Metamig (vinculada à Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais – Codemig).

Na área de Infraestrutura e Logística, a principal necessidade apontada pelos participantes foi a retomada do programa do governo para melhoria, ampliação ou construção de estradas estaduais para acessos intermunicipais e entre município e distritos, como a MG-314, que liga Peçanha a Valadares, mencionada anteriormente.

No eixo Educação, uma das propostas eleitas reivindica aos seguintes aspectos do transporte escolar: ampliação da contrapartida pelo governo estadual; revisão da vigência dos convênios firmados pelo Estado; manutenção adequada dos veículos; e disponibilização de veículos para a atuação dos profissionais da educação no município.

Completes

Após a apresentação das prioridades na plenária final, o secretário-adjunto da Secretaria de Planejamento e Gestão, Wieland Silberschneider, anunciou os nomes dos escolhidos para compor o Comitê de Planejamento Territorial (Complete), que irá acompanhar as demandas identificadas e os projetos e recursos necessários para sua implantação.

O Complete do Território Rio Doce irá integrar o Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI) a partir do diagnóstico traçado em Governador Valadares. Está agendada para o dia 19 de setembro uma reunião em Belo Horizonte com os integrantes dos Completes dos 17 Territórios de Desenvolvimento.