Acontece nos Fóruns

Segunda etapa do Território Sul reuniu quase 500 participantes

Após quatro meses e 20 mil propostas debatidas, Poços de Caldas recebeu o último evento dos Fóruns Regionais de Governo

Imagem ilustrativa

A cidade de Poços de Caldas recebeu, no sábado passado (dia 3/10), a segunda etapa do Território Sul. O evento também foi a 34ª e última etapa do Fórum Regional de Governo, que durou quatro meses, passou pelos 17 territórios mineiros e envolveu propostas e discussões de mais de 20 mil lideranças.

Cerca de 500 pessoas participaram da etapa de Poços de Caldas. Uma delas, Cyntia Valeria de Oliveira, de Lavras, é militante do Levante Popular da Juventude e participou o eixo Proteção Social e Saúde. Ela reivindica a criação de um Centro de Referência da Juventude na região.

“Queremos garantia de cultura, esporte e lazer. Apesar dos limites, o Fórum Regional de Governo é uma boa iniciativa no sentido de buscar mais participação e protagonismo dos movimentos sociais que conhecem as pautas populares", destaca Cyntia.

Além do eixo Proteção Social e Saúde, os participantes foram divididos em outros quatro grupos para discutir os seguintes temas: Educação e Cultura; Desenvolvimento Produtivo e Inovação Tecnológica; Segurança Pública; e Infraestrutura e Logística. O objetivo foi levantar as dez principais demandas em cada uma dessas cinco áreas.

No eixo Desenvolvimento Produtivo e Inovação Tecnológica, o fortalecimento econômico das instâncias de governanças regionais, bem como da política pública do turismo, foi uma das principais demandas discutidas, já que a região costuma atrair visitantes de todo o país em função das suas estâncias hidrominerais.

Os participantes querem mais ações de capacitação (turismo, educação ambiental e patrimonial) e melhoria de toda a infraestrutura (manutenção de estradas, sinalizações urbana e rural e atrativos turísticos).

Já o eixo Infraestrutura e Logística teve a principal reivindicação feita pela tribo indígena Xucuru Kariri, do município de Caldas, cujos representantes compareceram à segunda etapa do Terrritório Sul. Eles solicitam o asfaltamento da rodovia BR-459 até a aldeia, além da construção de um desvio na estrada ao lado da terra indígena e do aprimoramento da infraestrutura de energia elétrica.

Participação popular

O objetivo dos Fóruns Regionais de Governo é oficializar a participação popular na elaboração, execução e avaliação de políticas públicas regionalizadas. Os dados levantados juntamente com a população irão ajudar na elaboração do Plano Plurianual de Ações Governamentais (PPAG) e do Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI).

Após a apresentação das prioridades na plenária final, o secretário-adjunto de Planejamento e Gestão, Wieland Silberschneider,anunciou os representantes eleitos para compor o Comitê de Planejamento Territorial (Complete), que irá acompanhar as demandas do Território Sul,identificadas pela população.

Fonte: Agência Minas